Buscar motivação para ir à academia, persistir nos objetivos e até mesmo achar tempo para praticar um exercício são tarefas complicadas, verdade? Mesmo que o mercado fitness ofereça diversos produtos para ajudar nisso, é difícil saber o que fazer. É o caso dos suplementos para musculação.

A oferta é grande. Whey Protein, BCAA, multivitamínicos e vários outros podem ser encontrados na internet ou em lojas físicas. Os suplementos ajudam a complementar a alimentação e a desenvolver os músculos, auxiliando também no processo de emagrecimento. Mas, você sabe qual é a melhor opção para você?

Neste post, você vai saber o que um bom suplemento tem a oferecer e porque ele auxilia nos resultados dos treinos. Além disso, você vai conhecer os 12 melhores tipos. Ficou curioso? Continue a leitura!
 

O que são suplementos alimentares?

Se você já começou, ou vai começar, a treinar, certamente já ouviu alguém dizendo que está tomando um suplemento. Mas você sabe exatamente o que é isso? Como dissemos na introdução deste post, o suplemento traz a ideia de suprir carências nutricionais.

Normalmente, o suplemento vem em cápsulas ou em pó. É importante ressaltar que todos apresentam uma indicação para o consumo, por isso, não comece a ingerir nenhum deles sem a orientação de um profissional.
 

Em que auxiliam?

Os objetivos pessoais norteiam cada caso. Quem quer seguir para o lado do ganho de massa, por exemplo, utiliza um suplemento para musculação com bastante proteínas. Elas oferecem um aglomerado fundamental para o corpo construir o tecido muscular. Além disso, ajudam na recuperação das lesões após treinos mais pesados.

Já quem está em busca de emagrecimento deve procurar os produtos com componentes termogênicos. Eles são fundamentais na queima de gordura, acelerando o metabolismo e auxiliando na disposição para o exercício.

Existem ainda os vitamínicos, indicados para o complemento da alimentação. Se você pula refeições ou tem pouco tempo para comer, eles figuram como melhores opções, repondo, nas quantidades certas, as vitaminas e sais minerais.
 

Quais são os principais suplementos?

Já abordamos o conceito e as vantagens. Agora, é hora de listar os principais suplementos.

O consumo de qualquer um deles precisa ser acompanhado de boa alimentação, exercício físico (nesse caso, para os músculos) e disciplina. O uso indiscriminado pode levar a reações indesejadas no corpo, como perda ou ganho excessivo de peso.


Confira as 12 melhores opções a seguir.

  1. Whey Protein: ajuda no ganho de massa e na recuperação muscular.

  2. Creatina: auxilia como fonte de energia e, por isso, é indicado para quem pratica treinos mais intensos.

  3. BCAAS: são aminoácidos de cadeia ramificada e fontes de energia.

  4. ZMA: repõem o zinco e magnésio e são essenciais para quem levanta peso.

  5. Multivitamínicos: são catalisadores, ou seja, aceleram os processos metabólicos do organismo.

  6. Glutamina: fornece energia e atua com catabolizante, fortalecendo o sistema imunológico e minimizando a fadiga muscular.

  7. Ácidos graxos essenciais: gordura boa, aumenta a massa muscular e ajuda também na fadiga do músculo.

  8. Termogênicos: queimam as gorduras e auxiliam no desempenho do treino.

  9. Hipercalóricos: para quem tem dificuldade no ganho de massa muscular. Indicados principalmente para as pessoas mais magras que buscam esse objetivo.

  10. Óxido nítrico: responsável pelo transporte do oxigênio, controle dos níveis de glicose, hipertrofia e produção de energia.

  11. Caseína: utilizada para ganho ou manutenção de massa muscular.

  12. Albumina: importante na manutenção e construção de músculos e tecidos.
     

Conforme observamos ao longo do post, os suplementos para musculação potencializam os resultados, seja para o emagrecimento seja para o ganho de massa muscular. A escolha é sua mas, antes de tudo, procure acompanhamento de um profissional da área. Vale a pena!


Este post ajudou você de alguma forma? Agora, o que acha de conferir mais dicas para ganhar massa muscular?