Desde os primórdios da civilização, a humanidade navegou os mares com o uso de barcos a remo, e o remador foi sempre um exemplo de força e saúde.

Ainda no antigo Egito, o remador era respeitado como um atleta completo. Milhares de anos se passaram e o remo continua a ser uma atividade de alto rendimento que exercita o corpo todo e, por isso, faz parte da programação de treinos da Performa desde 2014.

O remo esportivo moderno começou no século 18, ganhando muita popularidade em meados do século 19. Porém, no Hemisfério Norte, onde o remo era mais popular, as condições climáticas tornavam impraticáveis o treino na água durante o inverno.

Isso fez com que, em 1980, a Concept2 criasse o Indoor Rower, aparelho que utilizava a resistência do ar como carga e com o qual pôde-se fazer um trabalho definitivo mais fidedigno em terra. 

Depois de muitas melhorias e adaptações, o Remo Indoor se tornou um esporte de alto rendimento muito respeitado. Os seus benefícios como exercício são reconhecidos para vários esportes e também para alta queima calórica. 

Dada a importância do exercício, e também sabendo que ele recruta 85% dos músculos do corpo, fazer o movimento de remada corretamente é essencial para que o Remo Indoor tenha o resultado esperado e para que você evite se machucar durante o treino.


   


A técnica da remada
 

A remada consiste de quatro fases: a pegada, a puxada, o final e a retomada. Abaixo você pode conferir as etapas:

1. A Pegada

Estique os braços na direção da roda de inércia;

Mantenha os punhos retos;

Incline seu corpo levemente para frente com os costas retas, mas não tensas;

Deslize seu assento para frente até suas canelas ficarem na vertical (ou o mais próximo que sua flexibilidade permitir).

2. A Puxada
Comece a puxada empurrando com suas pernas;

Mantenha os braços esticados e as costas firmes para a transferência de força das pernas;

Gradualmente dobre os braços e balance para trás com o seu tronco puxando contra as pernas até ter uma leve inclinação para trás no final da remada.


3. O Final
Puxe o punho totalmente até o seu abdômen;

Estique as pernas;

Incline seu tronco levemente para trás.


4. A Retomada
Estenda seus braços em direção à roda de inércia;

Incline seu tronco para frente para seguir os braços;

Dobre gradualmente as pernas para deslizar para frente no assento.

Vá para frente até suas canelas ficarem na vertical;

O tronco deve estar inclinando para frente;

Os braços devem estar totalmente esticados;

Você está pronto para a próxima remada.


Erros comuns na hora de remar
 

Aqui, revisamos os desafios técnicos comuns, como abordar as áreas “problemáticas” para ser mais eficaz e mostramos alguns exercícios para praticar uma melhor técnica de remo. Os erros comuns são divididos em três grupos - braços / pegadas, costas e pernas.


Erro comum no remo: flexionar os braços muito cedo
O remo envolve os grandes grupos de músculos das pernas. Para uma braçada forte, inicie a braçada com as pernas, não com os braços.


 

Erro comum no remo: preensão excessiva nos pés
Um aperto tenso na alça pode machucar seus pés. Os pés devem permanecer retos e relaxados durante toda a braçada.


Erro comum no remo: arremeter contra
Mergulhar para a frente ou ir muito longe é uma posição fraca para iniciar a braçada de remo e pode reduzir a eficácia do impulso da perna. Prepare a posição do corpo no início da sua braçada de remo.


Erro comum no remo: pressão nas costas
Empurre com as pernas no início da sequência de braçadas. Os ombros e as pernas devem se mover juntos para iniciar a braçada.


Erro comum no remo: dobrar os joelhos cedo
Se seus joelhos se movem cedo, é difícil colocar as mãos sobre eles. Isso parece “remar sobre um barril”; suas mãos têm um obstáculo no caminho. As mãos afastam os joelhos antes que os joelhos dobrem na recuperação.


Erro comum no remo: compressão e canelas
Os atletas que comprimem demais na pegada colocam as pernas e os joelhos em uma posição fraca, o que pode reduzir a eficácia do impulso das pernas. Descubra onde suas canelas devem estar na posição de captura.


Erro comum de remo: acelerar o slide
A alça e o assento devem mover-se juntos em cada curso.


Quais são os benefícios de treinar remo indoor?
 

Depois de saber tudo isso sobre o remo, você deve estar se perguntando quais são as vantagens desse esporte, correto? É isso que vamos te contar agora! Confira a lista dos principais benefícios de aderir essa modalidade esportiva.
 

- exercita 85% dos músculos

- não há restrição de idade

- atua diretamente na melhora da capacidade cardiorrespiratória

- aumenta a resistência aeróbia depois de poucas aulas

- contribui para o emagrecimento, pois o gasto energético é muito alto

- enquanto queima gordura, promove a definição muscular

- ajuda no aumento da força corporal

- proporciona adrenalina e espírito competitivo

- melhora o humor e autoestima
 

O remo na água faz parte da Olimpíada, inclusive neste ano, em Toquio. Clique aqui e confira as semelhanças com o remo indoor.

Se interessou? Então confira aqui mais informações sobre esse aula com esse equipamento e venha fazer parte da Performa.