Quem inicia um treino de hipertrofia, ou seja, voltado para o desenvolvimento muscular, muitas vezes, fica ansioso para alcançar os resultados e conseguir o corpo dos sonhos.

Nessa busca, a maioria das pessoas, sobretudo as mulheres, trava uma verdadeira batalha contra a balança, que nem sempre mostra os resultados reais obtidos com o treino. Isso porque ela, de forma isolada, não fiz tudo em relação à composição corporal.

Para acompanhar os resultados da musculação com mais precisão, devem ser combinados diversos métodos. Se você quer saber se seus esforços na musculação estão sendo recompensados, confira as nossas dicas de acompanhamento dos resultados dos treinos que separamos para você!


Faça medidas do seu corpo

A balança pode ser um indicativo de peso corporal, no entanto, quando utilizada sozinha, ela pouco diz sobre as transformações ocorridas no corpo após a prática da musculação.

Por isso, não são raras as queixas de pessoas que iniciam um treinamento com o objetivo de ganhar massa ou emagrecer, mas relatam, frustradas, o aumento de peso da balança. Isso pode ocorrer, dentre outras razões, pelo aumento do volume dos músculos e não necessariamente por ganho de gordura.

Com isso, uma boa forma de visualizar os resultados da musculação é a partir da medição de determinadas partes do corpo. Com tais números, é possível perceber locais em que houve ganho ou redução de volume.

Normalmente, as partes medidas são braços (na região do bíceps e antebraço), coxas, quadril e cintura.

Para que os resultados demonstrem a sua evolução, é preciso seguir algumas regras: medir sempre no mesmo horário, de preferência, de manhã,  não fazer as medidas após a musculação e respeitar um espaço mínimo de tempo.


Tire fotos de antes e depois

Com a popularização dos smartphones, outra forma de mensurar os resultados se tornou bastante popular: as imagens de antes e depois. As fotografias exibem as suas formas e, por meio delas, é possível perceber a evolução ao longo de todo o período dedicado à musculação.

Para que você não se engane com os resultados, procure utilizar uma iluminação natural, faça as mesmas poses, fotografe no mesmo ângulo e procure manter um tempo médio entre os registros.


Faça avaliações físicas

Outra forma de acompanhar os resultados da musculação é verificando o ganho muscular e a perda de gordura por meio de uma avaliação física completa feita por um profissional.

Os tipos mais comuns de avaliação são as dobras cutâneas e a avaliação de bioimpedância.

Essa última apresenta resultados bastante precisos pois, ao utilizar um método que atravessa uma corrente elétrica no corpo, a bioimpedância é capaz de dar números referentes ao peso total, ao IMC, à massa muscular e ao percentual de gordura total e por área, à água corporal, à taxa de metabolismo basal e à idade metabólica.

Essa avaliação é feita por meio de balanças e costuma ser encontrada apenas nas melhores academias. Para que os resultados sejam precisos, é importante fazer uma dieta restritiva de alimentos ricos em cafeína 24 horas antes da pesagem e jejum de quatro horas, bem como não frequentar saunas ou exercitar-se no dia anterior, além de tomar água e urinar antes do exame.

Os resultados da musculação devem ser acompanhados para que você possa rever as estratégias e traçar novos objetivos a cada meta alcançada.

Lembre-se de procurar orientação de um profissional de educação física para a prática de exercícios e de um nutricionista para aliar dieta equilibrada aos treinos.

Se você quer ficar por dentro de assuntos ligados à musculação, dietas e rotinas fitness, assine nossa newsletter e receba tudo em primeira mão.