Você costuma dormir tarde e não respeita os horários de descanso como deveria? Os benefícios do sono são incontáveis e ajudam a melhorar o seu desempenho durante as atividades físicas!

Uma noite mal dormida interfere diretamente no seu desempenho diário e na busca por uma vida saudável, prejudicando o humor, a memória e a criatividade. Além disso, a prática de exercícios físicos também é prejudicada quando você treina com a mente e o corpo cansados.

Neste artigo, separamos os benefícios do sono para a prática de exercícios físicos. Portanto, prepare-se para começar a dormir melhor e notar as diferenças no seu dia a dia! Vamos lá?
 

1. Ajuda na reposição das energias

Sabe aquela sensação de cansaço inexplicável? Como se a sua mente estivesse esgotada? Ela é real e prejudica muita gente!

Se o cansaço físico já é comum na sua rotina e se junta ao estresse diário, prejudicando ainda mais o seu desempenho nos treinos, está na hora de cuidar do sono.

Uma boa noite de sono auxilia a reposição das suas energias, físicas e mentais. Esse benefício faz com que, na hora de acordar, o seu corpo esteja completamente disposto a oferecer o melhor desempenho nas tarefas diárias, incluindo a prática de exercícios físicos.


2. Auxilia no ganho de massa muscular

A privação de sono é um dos principais fatores responsáveis por ampliar as suas chances de aumentar o peso. A recuperação muscular acontece, principalmente, durante as suas horas de descanso. Por essa razão, relaxar é tão importante quanto a prática de exercícios físicos para melhorar a sua qualidade de vida.

Além disso, é durante o sono que o organismo se responsabiliza pela regeneração dos seus tecidos e células, liberando os hormônios corretos que ajudam no ganho da massa muscular desejada durante a prática de exercícios.
 

3. Melhora a imunidade

Se você tem o costume de treinar com uma rotina regrada, sabe que qualquer resfriado pode atrapalhar o seu desempenho, não é mesmo?

No entanto, um dos benefícios do sono é o aumento da imunidade, fazendo com que o seu corpo fique mais resistente e consiga combater alguns vírus e bactérias que possam estar no organismo.


4. Evita a produção do hormônio grelina

Quando uma pessoa não dorme o número de horas recomendáveis, a sensação de fome no dia seguinte é maior e a queima de gordura é realizada de maneira lenta pelo organismo.

Isso acontece pela produção do hormônio grelina no estômago. Conhecido como o único hormônio estimulante do apetite, a grelina é responsável pela produção do desejo de comer além do normal.

O estresse e uma noite de sono mal dormida são os principais responsáveis pela desregulação da produção desse hormônio, prejudicando a perda de peso.


5. Influencia na produção do hormônio leptina

A leptina é a responsável pela sensação de saciedade em nosso organismo, enviada para o cérebro durante as nossas refeições.

Produzida no tecido adiposo, a leptina circula pelo plasma de forma livre ou ligada a proteínas. O hormônio auxilia na redução da ingestão de alimentos e aumenta o gasto calórico, principalmente durante a prática de exercícios físicos.

No entanto, para que a leptina seja produzida em uma quantidade suficiente, é necessário uma boa noite de sono. O motivo? É durante a noite que o hormônio é liberado no organismo.

Devemos ressaltar que os benefícios do sono podem auxiliar na qualidade de vida de qualquer pessoa. Melhorar o seu desempenho durante as atividades físicas é apenas uma das inúmeras vantagens para a sua saúde, ao priorizar o descanso noturno.

Gostou de aprender sobre os benefícios do sono e quer começar a praticar exercícios físicos para dormir melhor? Então, entre em contato com a gente e conheça os nossos planos!