Você já reparou que há pessoas que comem com certa frequência e não engordam? Em contrapartida, também tem aquelas com sérias dificuldades em emagrecer. Você sabia que existem diversos tipos de corpo que influenciam bastante nessas diferenças de perfil?
 

A busca por um visual melhor, além da preocupação com a saúde, fortalece a autoestima e ajuda a vencer o desânimo do dia a dia. Por isso, ter noção exata de qual é seu biotipo colabora para executar exercícios direcionados e nutrir o seu corpo com a alimentação ideal.


Neste post, você vai conhecer os principais tipos de corpo existentes, as principais características de cada um e quais atividades e dietas são mais adequadas a cada um deles. Confira!


Qual é o seu biotipo?

O biotipo corporal nada mais é do que a junção das características genéticas que recebemos dos nossos pais e do metabolismo presente no corpo. É um conceito relativamente novo, pois foi só em 1940 que o psicólogo americano William Herbert Sheldon definiu os tipos de corpo que correspondem a cada indivíduo.


Partindo dessa premissa, Sheldon definiu três grupos distintos: os ectomorfos, os endomorfos e os mesomorfos. É possível que você perceba mais de um tipo presente em uma pessoa. No entanto, apenas um deles prevalece e, geralmente, é com o que mais nos identificamos.


Conhecer o tipo do seu corpo é o primeiro passo para atingir suas metas e não desistir de fazer atividades físicas. Sem contar que isso influencia diretamente na maneira que você se alimenta. Acompanhe as características de cada tipo e descubra qual deles é o seu.
 

Quais são as caraterísticas de cada tipo

O ectomorfo é aquele tipo que tem o metabolismo bem acelerado, ou seja, a queima de gordura acaba acontecendo de forma mais eficaz. Pessoas com esse tipo tendem a ter pernas e braços mais longos. Já a cintura e o quadril aparentam ser estreitos, assim como as modelos de passarela. Famosas com biotipo ectomorfo: Gisele Bündchen, Carolina Ferraz, Débora Evelyn.


Dentre as características existentes nas pessoas de biotipo endomorfo, observa-se um metabolismo mais lento e, consequentemente, o acúmulo de gordura com facilidade. Essas pessoas têm certa dificuldade de controlar a ingestão de calorias e necessitam de refeições saudáveis para administrar o peso. Famosas com biotipo endomorfo: Scheila Carvalho, Carla Perez, Vera Fisher. 


Por último, aqueles que apresentam um corpo mesomorfo estão no meio termo, isto é, dispõem de facilidade para ganhar massa magra e não veem problemas para emagrecer. Normalmente são pessoas atléticas, de boa densidade óssea e com ombros e peitoral largos. Famosas com biotipo mesomorfo: : Claudia Raia, Marisa Orth, Cristiane Torloni. 


Quais são os treinos e dietas adequados a cada um?

Tendo em vista que os ectomorfos são naturalmente magros, a recuperação muscular pode enfrentar algumas dificuldades, porém não o suficiente para que eles consigam definir os músculos.


Eles devem planejar o dia com três principais refeições e lanches com a quantidade calórica necessária durante os intervalos. O ideal é optar por treinos que permitam o descanso e em que o volume aumente gradativamente.


Já os endomorfos devem focar em treinos mais intensos, a fim de queimar a gordura que tende a estacionar. Para essas pessoas, são recomendados exercícios em circuitos, além de um trabalho frequente para cada grupo muscular combinado com uma reeducação alimentar essencial para evitar problemas mais sérios de saúde.


Embora os mesomorfos sejam considerados privilegiados no quesito estético, seus treinamentos devem ser de alta intensidade e podem utilizar técnicas mais avançadas de exercícios, como os dropsets, supersets etc. A dieta tem que ser balanceada e com um bom consumo de proteínas.


Independentemente de qualquer biotipo, é importante dar atenção especial à ingestão de líquidos e controlar o nível de atividade física conforme os resultados aparecerem. Entenda que a conquista de uma aparência bonita está diretamente ligada aos cuidados com a saúde.
 

E agora, já consegue identificar qual destes tipos de corpo é o seu? É hora de dar um gás no seu treino! Aproveite para conhecer também os 4 erros de quem treina, mas não vê resultados.